Joel Marinho
O incansável guerreiro
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil ContatoContato LinksLinks
Textos

 
FATAL VENENO
O que parte de mim
É uma parte tão sólida;
A outra parte que fica
Líquida evapora.
 
Onde estou agora?
No meio do nada!
Deserto sem chuva
Nenhum oásis.
 
Sou líquido nojento
Veneno que mata;
O mal que destrói
Por onde passa.
 
Sou fúria feroz
Que a paz devora
Sem vida, estopor,
Sem luz d´aurora.
JOEL MARINHO
 
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 01/11/2019
Alterado em 01/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joel Marinho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários