Joel Marinho

 

O incansável guerreiro



Textos


DE BRAÇOS ABERTOS
Certamente olhará
Para o espaço vazio
Ao azul que se forma
O qual chamanos céu
O horizonte distante
A lua a brilhar
Milhões de estrelas
Dançando no ar.
Estarei entre elas?
Talvez vou estar
Ou em outro lugar,
Mas certamente estarei
A te observar
Sempre na torcida
De te ver vencer
Nesse pequeno ponto
Chamado terra.
E quando virar estrela
Se quiser me encontrar
Olhe para o "céu"
Com esse brilho no olhar
Meus braços estarão abertos,
De certo
Para te abraçar.
JOEL MARINHO 
Imagem Google
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 01/11/2019
Alterado em 01/11/2019


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras