Joel Marinho

 

O incansável guerreiro



Textos

EU NÃO SOUBE TE USUFRUIR
E quando eu te procurava
Parecia de fato nem existir
Passavas tão voraz!
E quantas vezes eu clamei por ti!
Disfarçava e zombava de mim
Mas eu queria demais te sentir.
Até que um dia...
Eis que me aparece sorridente
Tão de repente!
Mas não me deu a oportunidade de sair.
E foi então que percebi
Que estava sempre ali
E eu não soube te usufruir.
E o que eu mais precisava
Era saber te dividir
Ó bendito e precioso TEMPO!
JOEL MARINHO
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 21/05/2020


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras