Joel Marinho

 

O incansável guerreiro



Textos


NÉCTAR DOS DEUSES
E quando o inverno chegar
Espere-me para o jantar
Com aquela taça de vinho
Naquele mesmo cantinho
Da nossa felicidade.
Com os olhinhos brilhantes
Igual a dois diamantes
Duas estrelas no céu
Seus beijos favo de mel
Aquele néctar dos deuses.
JOEL MARINHO
 
 
 
 
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 10/08/2020


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras