Joel Marinho

 

O incansável guerreiro



Textos

O AMOR
Amor é prisão em liberdade
É estar por querer estar
É contemplar-se com o outro
A ponto de não ver o tempo passar.
 
É sentir o cheiro do outro
Mesmo estando distante
É vê-lo até nas flores
O seu sorriso elegante.
 
É sentir o afago do vento
E lembrar da pessoa amada
Acordar no meio da noite
E sussurrar de madrugada.
 
Ah, o amor, bicho letal
Muda até a aparência
Faz surgir um novo ser
De onde se menos pensa.
 
O amor é alegria
Nunca, jamais é sovino
Descrito em uma palavra
O tal de amor é DIVINO.
JOEL MARINHO
 
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 25/01/2021


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras