Joel Marinho

 

O incansável guerreiro



Textos


VINHO, SILÊNCIO E SAUDADE
O golpe de silêncio corta-lhe a pele
E um gole de vinho refresca a alma
É tarde amor, olhe para o céu!
Sou eu que lhe sorrio estrela.
Por trás de nuvens alvas parada
Me escondo sem felicidade
Calo-me na minha insignificância
Durmo com o frio da saudade.
JOEL MARINHO
 
Joel Marinho
Enviado por Joel Marinho em 18/09/2021


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras